LGPD – SEU SITE ESTÁ DENTRO DA LEI?

LGPD é a sigla para Lei Geral de Proteção de Dados do Brasil, sancionada em agosto de 2018. A Lei entrou em vigor no dia 18/09/2020. Por ser recente poucos a conhecem e dificilmente um site desenvolvido a mais de um ano está em conformidade com esta Lei. Mesmo muitos sites que foram desenvolvidos recentemente obedecem rigorosamente a LGPD. Isto porque a Lei não incide somente sobre o site, mas também sobre toda a política de privacidade e tratamento destes dados pela empresa.

A LGPD (Lei 13.709, de 2018) garante maior controle dos cidadãos sobre suas informações pessoais, exigindo consentimento explícito para coleta e uso dos dados e obriga a oferta de opções para o usuário visualizar, corrigir e excluir esses dados. 

A LGPD teve origem no PLC 53/2018, aprovado por unanimidade e em regime de urgência pelo Plenário do Senado em julho de 2018. O texto é aplicável mesmo a empresas com sede no exterior, desde que a operação de tratamento de dados seja realizada no território nacional. A sanção foi feita pelo então presidente da República Michel Temer em agosto de 2018.

A lei também proíbe, entre outras coisas, o tratamento dos dados pessoais para a prática de discriminação ilícita ou abusiva. Esse tratamento é o cruzamento de informações de uma pessoa específica ou de um grupo para subsidiar decisões comerciais (perfil de consumo para divulgação de ofertas de bens ou serviços, por exemplo), políticas públicas ou atuação de órgão público.

A LGPD ainda determina punição para infrações, de advertência a multa diária de até R$ 50 milhões, além de proibição parcial ou total do exercício de atividades relacionadas ao tratamento de dados.

É importante entender que um site, mesmo muito simples, pode estar coletando dados daqueles que o acessam. Isso porque até antes da edição desta Lei, o uso de tecnologia apoiada em Cookies e formulários para coletar dados de contato e de navegação, além de outras práticas, eram de uso comum, rotineiro.  E ainda hoje isto continua a ser feito.  A diferença é que sites gerados após a edição destas Leis devem levar em consideração diversos aspectos legais.  Já os sites desenvolvidos anteriormente precisam ser analisados e atualizados para a nova legislação.

A equipe de desenvolvimento do GRUPO MID faz esta análise do seu site e propõe as atualizações necessárias, que podem envolver reprogramação, ou simples avisos. As vezes, no entanto é preciso uma mudança na política de tratamento de dados pela empresa e até revisão de estratégias de marketing.

Dificilmente o governo lançará fiscalização sobre sites para verificar se estes estão ou não dentro desta nova legislação. Cabendo ao usuário fazer a denúncia. Assim, basta um cliente ou usuário que navegue por seu site sentir que tem uma brecha para processar sua empresa e pronto: você terá um problemão a resolver e talvez um grande prejuízo financeiro. Por isso vale a pena investir pouco em uma atualização.

Chame pelo WhatsApp 41999555006 e solicite informações sobre estas atualizações ou adequações para o seu site. A equipe do GRUPO MID está a sua disposição.

Veja a seguir como podemos ajudar na readequação de seu site a nova Lei.

  • Mapeamento dos Riscos Existentes;
  • Opções Atuais e Sugestões;
  • Cronograma de Ação;
  • Definição e Redação das Políticas Internas de Privacidade;
  • Redação de política de privacidade;
  • Programação/reprogramação de meios de contato;
  • Avaliação de segurança e tratamento de dados atuais;
  • Inclusão de Cláusulas de proteção em contratos;
  • Inclusão de aviso e declaração de privacidade em seu site.
fb-share-icon0

Invista em formatos diferentes

Variar o formato do conteúdo que você produz é uma ótima maneira de chamar a atenção e ganhar relevância. Quanto mais você diversificar sua mensagem, menos as pessoas vão se entediar e mais maior será o engajamento.

Inclua imagens, ilustrações ou até vídeos nas mensagens de texto. O Instagram, por exemplo, valoriza muito os conteúdos imagéticos. Já o Facebook tem dado ótimos resultados para conteúdo em vídeo.

fb-share-icon0

Crie conteúdo sob medida para cada plataforma

Esta dica vai para você que posta o mesmo conteúdo, da mesma maneira, em todas as redes sociais. Copiar e colar um texto ou imagem em diferentes lugares pode não ser uma ideia tão boa. Cada rede social tem um formato de conteúdo que engaja mais. Postar conteúdos únicos e exclusivos em plataformas diferentes garante que seu conteúdo será entregue da melhor maneira possível para seus seguidores. Utilize imagens, vídeos, podcasts e quaisquer outros formatos que façam sentido para seu público e as redes sociais que você utiliza.

fb-share-icon0

Mantenha uma comunicação aberta com seus seguidores

Você mantém uma comunicação aberta com seus seguidores? Esta pergunta é uma provocação desta dica. Faça perguntas, peça a opinião e escute tudo que o seu público falar para você ou de você. Permitir que exista esta interação entre sua marca e os seguidores te auxilia a criar um bom relacionamento com sua audiência e ainda permite que você consiga ter novas ideias sobre conteúdos que podem ser uteis.

Então, sempre que postar algum artigo no Twitter, Facebook, Linkedin ou outra rede social, pergunte o que seu público acha. Incite uma discussão. Além do seu público se sentir incluído, ele estará mais disposto a interagir com você. Mas atenção para não desviar o foco para política, religião, racismo ou outro tema negativo onde a controvérsia é garantida e a imagem de sua empresa será prejudicada. Mantenha o foco no campo de atuação de seu negócio.
fb-share-icon0

Coloque-se no lugar do seu público

Na hora de postar qualquer conteúdo, coloque-se no lugar da sua audiência e se pergunte:

-O que eu ganho com este conteúdo?

-Este conteúdo é útil para mim?

-A postagem contém algo que possa me auxiliar a resolver algum problema?

Este exercício parece simples, mas é muito importante. Ao tentar responder esta pergunta com os olhos do seu público, você consegue produzir conteúdos mais atraentes e que vão gerar maior engajamento de seus seguidores. Mas para conseguir isso, você tem de seguir a primeira dica desta série. Aposte na curadoria de conteúdo para compartilhar materiais relevantes.

fb-share-icon0

Fale a língua do seu público

Tão essencial quanto conhecer seu público-alvo, compreender a maneira como ele se comunica é importantíssimo para que sua mensagem seja recebida da maneira que você deseja. Cada empresa possuirá diferentes formas de abordar seus clientes ou futuros clientes. Por exemplo, você não vai conversar da mesma maneira com um empresário e com um jovem estudante. Cada uma destas pessoas entende e se identifica com um tipo de linguagem diferente. A linguagem não é constituída apenas de palavras. Quando você usa uma imagem também está usando uma linguagem de comunicação muito forte. Compreenda quem é seu público, a maneira como eles se comunicam e como é que você deve abordá-los.

fb-share-icon0

Conheça seu público

Sim, começaremos pelo ponto mais obvio. Pois nosso objetivo é ensinar algumas dicas sobre produção de conteúdo para redes sociais. E não existe dica mais importante do que esta: para trabalhar marketing digital, marketing de conteúdo, inbound marketing ou apenas algumas técnicas de social media, conhecer seu público é essencial para o sucesso de qualquer estratégia.

Definir suas personas (representações simplificadas dos clientes ideais de sua empresa) garantirá que todos os conteúdos desenvolvidos por você e sua equipe estarão de acordo com o que seu público quer ver e tem interesse. Assim você escolherá melhor as palavras, cores e imagens de sua campanha. Comunicando-se melhor com seu público, você terá resultados melhores.

fb-share-icon0